Emplifi - Como as marcas podem se destacar na era do Social Commerce (How brands can stand out in the age of Social Commerce)

Como as marcas podem se destacar na era do Social Commerce

O marketing nas redes sociais nunca foi tão bem financiado e profissional do que é atualmente. Então por que é tão difícil para as marcas monetizarem?

Em uma palavra, concorrência. Mais do que nunca, criadores e editores competem pela audiência, publicando vastas quantidades de novos conteúdos todos os dias. Neste ambiente, as marcas têm poucas chances de converter seu público-alvo em clientes e precisam de capitalizar essas oportunidades se quiserem prosperar. 

O Social Commerce oferece uma solução, uma vez que cada vez mais usuários buscam, exploram e compram produtos através de plataformas sociais como o Instagram, o Facebook e o TikTok. Ao integrar a possibilidade de fazer compras na experiência das redes sociais, os vendedores online obtêm uma forma direta e eficiente de gerar vendas e ROI (Retorno sobre Investimento) - não apenasseguidores, cliques e visualizações de páginas. 

Está pronto para conhecer mais sobre Social Commerce? Eis algumas dicas para ajudar a sua marca a competir. 

Garanta uma jornada perfeita para os social shoppers 

O Social Commerce envolve mais do que construir visibilidade, interação com o público, ou conduzir o tráfego para o seu website ecommerce. Trata-se de uma estratégia que, se bem sucedida, conduz toda a jornada do cliente para as redes sociais, proporcionando a interação contínua entre os compradores e a sua marca. 

Como sua marca pode fornecer uma experiência de compra completa e satisfatória na rede social escolhida? Considere as diferentes jornadas que os compradores tomam para comprar os seus produtos, e depois crie conteúdos e experiências para estimulá-los a cada passo de seu percurso, para que eles possam explorar e fazer compras sem nunca abandonarem o app. 

Na prática, isto significa desenvolver experiências interativas, que permitam aos compradores descobrir os seus produtos, interagindo com conteúdos que possam ser comprados, por exemplo. Significa construir formas de aprender mais sobre os produtos - como navegar por sua loja, sem sair do aplicativo. E também significa permitir compras rápidas e convenientes através de funções como o checkout direto. À medida que você expande os seus esforços nas plataformas de redes sociais, também precisará da capacidade de gerenciar estoque e atendimento ao cliente por vários social shops ao mesmo tempo.

Proporcione experiências para todos os tipos de clientes 

A sua marca atende apenas um tipo de comprador? Isso pode ser um erro. Para maximizar as vendas, considere as várias necessidades, desejos e estilos de compra que os seus clientes trazem para as redes sociais. 

Muitas vendas nas redes sociais, por exemplo, vêm de compradores impulsivos que veem um produto e o compram de imediato. Os vendedores podem encorajar estas decisões repentinas, removendo o máximo de atrito possível da experiência de compra. Muitas plataformas sociais habilitam o checkout direto, para que os usuários possam comprar sem abandonar o app. Da mesma forma, preços competitivos, descontos e testes gratuitos podem também estimular compras espontâneas. 

Em compensação, outros compradores tomam decisões mais cuidadosas e dão mais passos antes de efetuar uma compra. Por exemplo, muitas pessoas querem fazer perguntas e receber ajuda personalizada enquanto compram um produto. Para satisfazer esses clientes, é vital disponibilizar canais para uma assistência rápida e prática, através da funcionalidade de mensagens no app da respectiva plataforma. Esta tarefa se torna muito mais fácil com um moderno chatbot integrado com Inteligência Artificial, que assume a função de assistente de compras, disponível como parte da Emplifi Social Commerce Cloud

Resumindo, prepare-se para encantar todos os clientes, independentemente de quem são ou como gostam de fazer compras, e procure ferramentas que possam tornar tais experiências possíveis.

Compartilhe conteúdos mais orientados para as vendas e para as compras 

Acima de tudo, as redes sociais são um instrumento para a construção de relacionamentos. O conteúdo da sua marca deve ter como principal objetivo crescer e atrair o seu público, e não apenas empurrar um discurso de vendas. Mas se quiser ganhar dinheiro com Social Commerce, é uma jogada inteligente adicionar mais conteúdo orientado para as vendas à sua agenda. 

Vídeos de alta qualidade, em particular, permitem que você exiba os seus produtos sem desmotivar os clientes. Depoimentos, vídeos de passo a passo, unboxing e reviews podem fornecer um pacote atraente para uma mensagem de vendas. Da mesma forma, o conteúdo gerado pelo usuário pode ajudá-lo a promover seus produtos. Isso pode envolver desde o compartilhamento de comentários positivos até a publicação de vídeos do próprio usuário com seus produtos. 

Ao tornar o conteúdo comprável, você pode facilitar a aquisição e aumentar as vendas. O Facebook e o Instagram, por exemplo, permitem-lhe identificar produtos em fotos e vídeos para que os usuários possam visualizar detalhes, acessar listas de produtos e ir diretamente para a compra. Ao mesmo tempo, os seus compradores-alvo devem também encontrar conteúdos de alta qualidade esperando por eles quando clicam em um link de compra - por isso, certifique-se de que a sua loja contém imagens, descrições e coleções selecionadas que os farão querer comprar.

Trabalhe com Influenciadores para gerar vendas em Social Commerce

O marketing de influenciadores pode ser uma ferramenta poderosa quando combinado com Social Commerce. Para que esta estratégia funcione, você não precisa pagar uma fortuna pelos publiposts do Cristiano Ronaldo ou da Ariana Grande, com suas centenas de milhões de seguidores no Instagram. 

Pelo contrário, você pode obter melhores resultados (e poupar o seu orçamento) trabalhando com micro-influenciadores. Estas pessoas podem ter apenas alguns milhares de seguidores, mas falam como autoridades no nicho do seu produto, e inspiram altos níveis de confiança. 

Para as campanhas de Social Commerce, o desafio consiste em utilizar relações de influência não apenas para aumentar o alcance e o engajamento, mas também para gerar vendas dentro das plataformas das redes sociais. No mínimo, você pode querer que o conteúdo de marca publicado por um influenciador mostre um link direto à sua loja no app e listas de produtos. Formatos de conteúdo mais interativos podem ajudá-lo ainda mais a explorar o poder dos influenciadores: por exemplo, um influenciador pode apresentar um evento livestream utilizando um dos seus produtos.

Mantenha o foco no panorama completo

Por fim, Social Commerce não é apenas fazer uma venda rápida. Trata-se de oferecer experiências que combinam tudo o que seus clientes mais gostam, tanto nas redes sociais como nas compras. Quando você toma decisões com esse objetivo em mente, aumenta as suas chances de conquistar compradores e torná-los fiéis à sua marca.

Nos vídeos de transmissão ao vivo, é possível dar um upgrade nas compras interativas com eventos que permitem aos usuários realizar perguntas, conversar entre si e comprar produtos em demonstração. Esta é uma ótima forma de aproveitar o crescimento do Live Commerce, que a McKinsey prevê que poderá gerar de 10 a 20% de todo o comércio eletrônico até 2026.

Para mais informações, agende uma demonstração aqui.

Alguns dos prêmios que recebemos ao longo da nossa jornada

Social Marketing Cloud
Award - G2 Crowd Leader (Fall 2022)
Award - G2 Crowd Leader - Enterprise (Fall 2022)
Award - Social Marketing Cloud (MarTech Breakthrough Award 2022)
Social Commerce Cloud
Award - The Sammy 2022
Service Cloud
Award - Service Cloud (G2: Leader - Fall 2022) - Experience Management
Award - Service Cloud (G2: High Performer Enterprise - Fall 2022) - Experience Management
Award - Service Cloud (AI Breakthrough Award - 2020) - Bot